domingo, 30 de junho de 2013

SÃO PEDRO: População comemora com muito entusiasmo mais uma edição do Festal Junino 2013

Mais uma edição do FESTAL JUNINO movimenta cidade de AURORA

A cidade de AURORA vivenciou na noite da última sexta-feira dia 20 de junho no bairro Araçá, o mais populosa do município,  um dos seus mais festejados eventos culturais e, que por isso mesmo compõe o  calendário comemorativo do município. 
Trata-se do FESTAL  JUNINO edição 2013, cuja programação dentre outras coisas, constou de apresentações de quadrilhas juninas e show de forró com as bandas Forró Di  Taipa, Skema e os valores da terra, representados pela banda Garotos Bacanas. Além das quadrilhas 'Chuva no Roçado' do sítio Caiçara e 'Raízes do Araçá' do colégio Monsenhor que também fizeram bonito no centro da praça. As apresentações juninas chegaram a levantar literalmente a plateia. 'Algo que, de tão bonito  chegou a nos emocionar', disse o agente cultural Júlio Roberto, um dos organizadores do acontecimento.
Quanto a realização do evento, segundo opinou o secretário de cultura, o professor José Cícero, superou todas as expectativas, notadamente pela considerável participação da população que durante toda a festa lotou  os quadrantes da praça Santos Dumont(local do vento) assim como  todo entorno no bairro Araçá. 
"Com todo o apoio necessário prestado pelo prefeito Adailton Macedo, pudemos realizar um trabalho bastante organizado com o primor que a nossa população merece", disse. "Algo que nos enche de alegria e contentamento, sobretudo por constatarmos mais uma vez que o nosso povo ama e prestigia de verdade todas as manifestações da cultura popular, o certamente  nos ajuda fundamentalmente no trabalho e no esforço de preservação das nossas tradições de raízes. Estamos, portanto, satisfeitos pelo êxito da festa e agradeço a todos os que nos ajudaram a realizá-la, muito especialmente a gestão e  os amigos que compõem a equipe de trabalho da Secult-Aurora", completou.
...................................................
Da Redação do Blog de Aurora
Fotos: J. Silva e Adriano de Sousa Anão
/Secult.

sábado, 22 de junho de 2013

Engenheiro realiza 1ª avaliação técnica com vistas a recuperação do antigo casarão do Cel. Xavier

Casarão centenário do Cel Xavier (antiga Cnec) ao lado da matriz
Engenheiro Dr. Marcelo e o secretário José Cícero na cozinha do casarão
Estrago nas paredes internas e no telhado
Engenheiro observa as condições estruturais do velho prédio
No sobrado - parte superior do casarão

Dr. Marcelo com o sec. JC nas escadarias
Com o intuito de iniciar as obras de recuperação do centenário Casarão do coronel Xavier(antiga Cnec), o prefeito Adailton Macedo vem empreendendo esforços no sentido de viabilizar  o quanto antes a  revitalização daquele equipamento que, na opinião do secretário de cultura José Cícero constitui um dos mais importantes patrimônio histórico-arquitetônico do município. 
Edificado no início de  1831 mesmo antes da própria matiz, pelo fundador de Aurora, o velho casarão além de recuperado estará em breve sendo tombado através de projeto de Lei, disse.
Arq. JC com o Dr. Luiz Alves
Com este objetivo, o   engenheiro Dr. Marcelo, ao lado do secretário JC esteve visitando na última sexta-feira(21) as dependências físicas do casarão para as avaliações técnicas iniciais. Principalmente no tocante as condições da atual estrutura do edifício.
O prefeito Adailton conseguiu junto ao deputado federal Mauro Benevides(PMDB) uma emenda orçamentária no valor de duzentos e cinquenta mil reais que será utilizada nas obras de recuperação do prédio. Quanto pronto, o mesmo será transformado no centro cultural Aldemir Martins abrigando dentre outras coisas, o museus municipal, a escola de música maestro Esmerindo Cabrinhas e oficinas de arte e ofícios. 
Ainda em 2010 o prefeito Adailton Macedo efetuou a compra do casarão centenário, num claro esforço de preservação da memória histórica de Aurora. O mesmo foi feito com a antiga casa do Angente da Reffesa que hoje sedia a secretaria de Cultura e Turismo do município. Neste mesma linha, encontra-se em processo de aquisição junto ao IPHAN a aquisição do prédio da antiga estação ferroviária que será transformada num café cultural homenageando o historiador aurorense Amarílio Gonçalves Tavares, assim como o poeta Francisco Leite Serra Azul.
Serviço:
O referido Casarão foi construído no começo do ano de 1831 pelo coronel Francisco Xavier de Sousa, tido como o fundador de Aurora. Trata-se portanto,  do mais importante patrimônio histórico e arquitetônico de município. 
Na época em que foi erguido (no século XVIX)  foi considerado de longe uma das mais importantes edificações de todo o Cariri Oriental. Um verdadeiro símbolo de poder e de riqueza, tão comum na época pelos chamados coronéis dos sertões. 
De modo que,   é justo afirmar que parte considerável da história de Aurora e da região ou passou pelo casarão, ou teve nele próprio um inegável testemunho.(jc)
........................
Da Redação do Blog de Aurora e da Seculte.
Fotos: J. Silva e arquivo JC/Secult.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Pesquisadores e entusiastas do Cangaço de várias partes do Brasil se reúnem na cidade de Sousa para o ‘Parahyba Cangaço’

No último sábado, dia 15  aconteceu com sucesso na cidade de Sousa na Paraíba a abertura da Avant Premier do Cariri Cangaço 2013. No domingo dia 16, foi a vez de Nazarezinho.

Teve início na tarde de sábado(15) a abertura da  Avant Premier do ‘Parahyba Cangaço’ na cidade de Sousa. A abertura do evento ocorreu no auditório do Campus da Universidade Federal de Campina Grande local. Oportunidade em que diversos pesquisadores do cangaço e de outros temas ligados a temática sertaneja se fizeram presentes, dentre os quais do professor Wescley Rodrigues - anfitrião da iniciativa, César Nobrega, Manoel Severo(curador do Cariri cangaço no CE), Dr. e escritor  Bismarck, o Presidente da SBEC, professor Lemuel Rodrigues,  o representante da CCBNB Lenin Falcão, bem como o  fundador da SBEC-RN, Paulo Gastão, o cineasta Aderbal Nogueira(Fortaleza), Juliana Ischiara (Quixadá), Múcio Procópio(Mossoró), Narciso Dias(João Pessoa), Prof. Pereira(Cajazeiras), Sousa Neto(Barro), Cristina Couto(Lavras da Mangabeira), Ângelo Osmiro(pres. Gecc Fostaleza), Tomás Osterne(Fortaleza),  o pesquisador Jorge Remígio, João de Sousa Lima(Paulo Afonso-BA), professor José Cícero(Aurora), professor Alan Alves( Arraial do Cabo-PE), Professora Cláudia Maria e João Silva(Aurora), além de estudantes, professores sousenses, assim como representantes das universidades daquela região paraibana dentre outros.
Na abertura dos trabalhos o pesquisador Múcio Procópio falou sobre a palpitante história de Antonio Conselheiro e Canudos, enfatizando o aspecto da sua religiosidade. Em seguida, o professor Wescley Rodrigue discorreu acerca da construção histórica da figura do cangaceiro. Duas abordagens primorosos que prenderam do começo ao fim as atenções de todos os presentes. E que também forneceu muito combustível para o calor dos debates e discussões que se seguiram.
Na parte da noite, após o jantar, todos retornaram para a segunda rodada de apresentação que ficou a cargo de mais dois pesquisadores do Cariri Cangaço. Quer sejam: a  historiadora Juliana Ischiara e o documentarista Aderbal Nogueira. este último responsável pela produção do documentário "A Violência Institucionalizada na época do Cangaço" que uma vez exibido no auditório, fomentou o debate atinente a controversa atuação das volantes em seu histórico de combate  contra os cangaceiros lampiônicos.
As Explanações Temáticas:
O Professor Lemuel Rodrigues(presidente da Sbec) destacou a grande gama de pesquisadores na platéia, vindos de vários estados do país. Ressaltou ainda, sobre os vinte anos  de fundação daquela instituição de estudo a qual preside atualmente.   
Por sua vez, o estudioso Manoel Severo, curador do Cariri Cangaço-CE fez questão de enfatizar o grande  papel desempenhado pelo referido acontecimento, ao dizer durante sua fala:"Estarmos escrevendo mais essa importante página dentro da história da pesquisa do tema cangaço; dessa vez inaugurando um novo fórum de debates, desta vez no sertão da Paraíba".
No domingo(16) todos os pesquisadores participaram do segundo dia de evento, na vizinha cidade de Nazarezinho-PB, onde ocorreram, além palestras, debates e visitações técnicas em vários locais históricos que marcaram o cangaço no lugar
----------------------
Redação do Blog de Aurora.
Fotos  J. Silva - Secult-Aurora.
LEIA MAIS EM:
e no Facebook

terça-feira, 4 de junho de 2013

AURORA realizará Conferência Intermuniciapl de Cultura em Brejo Santo-CE

Secretários de Cultura de alguns município do Cariri Oriental
Durante a apresentação das propostas do fórum de cultura do Cariri
Representantes: Milagres, Brejo Santo e Barro(Sousa Neto) e J. Silva Aurora
Secretários : José Cícero(Aurora) e Sousa Neto(Barro)
Durante as discussões das propostas no encontro
Sec. J.Cícero presta entrevista para a rádio Sul Cearense de Brejo Santo
Se. Sousa Neto(Barro) Assessor J.Silva(Aurora) e sec. de Milagres

 
Com vistas a realização da III Conferência Municipal de Cultura  o secretário da Seculte-Aurora professor José Cícero, juntamente com o assessor da pasta João Silva participaram na manhã desta terça-feira(4)  do Encontro Preparatório para a 1ª Conferência Intermunicipal de Cultura na cidade de Brejo Santo. 
A iniciativa vem sendo articulada pelo Fórum de Cultura do Cariri  que na região oriental está a frente o Sr. Ticiano Linard, além de outros integrantes da entidade.
Trata-se de um acontecimento pioneiro que visa, dentre outras coisas, fornecer suporte técnico e organizacional a todos os municípios caririenses que realizarão suas conferências de cultura até o prazo limite, ou seja, na primeira quinzena do mês de julho. 
Tudo em cumprimento às exigências, tanto da Secult-CE quanto do próprio Ministério da Cultura(MinC); tendo como pano de fundo o as demandas e resoluções relativas  ao sistema nacional de cultura(SNC). 
Estiveram presentes ao encontro os secretários municipais de cultura dos municípios de Brejo Santo, Milagres, Abaiara, Barro, Porteiras, Penaforte, Jati e AURORA. Apenas dois municípios do bloco de adesão à  porposta da realização da conferência intermunicipal, isto é, Abaiara e Lavras da Mangabeira não puderam se fazer presentes no ensejo. Além de Missão Velha que decidiu pela realização do evento na própria cidade.
Toda a preparação com vistas a boa realização da conferência conjunta, além dos serviços de apoio técnico e logístico, bem como de alimentação, ornamentação, material de expediente e demais necessidades ficarão a cargo  da empresa de consultoria 'Convida'. De forma que os custos do evento serão divididos igualmente juntos os municípios envolvidos.
A conferência intermunicipal está prevista para acontecer durante todo o dia 3 de julho e contará, inclusive, conforme informou um dos articuladores do evento Ticiano Linard, com a presenta do secretário estadual de cultura professor Francisco Pinheiro. 
Cada município ficará responsável pelo transporte dos seus conferencistas, geralmente artistas, artesãos, agentes culturais e representantes do poder público e da sociedade civil que, de alguma maneira têm apego e algum tipo de interesse e/ou ligação com a política cultura dos seus municípios. 
Eles que, além de participarem das discussões plenárias dos eixos temáticos, deverão, inclusive, na mesma oportunidade escolherem os delegados que representarão os seus municípios de origem durante a Conferência estadual que ocorrerá em Fortaleza, explicou o secretário de Aurora.
--------------------------------
Da Redação do Blog de Aurora
Fotos J. Silva(Seculte-Aurora)